Expressar se classifica para etapa internacional do Passo de Arte 2016

“Sobre Nós” Emociona público com o Dom Quixote e 30 anos de história do Expressar
26/08/2016

Expressar se classifica para etapa internacional do Passo de Arte 2016

Grupo conquistou dois prêmios na etapa regional em Minas Gerais

Com as vitórias, Expressar disputará etapa internacional em Indaiatuba

Com o início de sua temporada de participação em concursos este ano, o Expressar Dança e Pilates já faturou prêmios. Foi no último final de semana no 24º Passo de Arte Regional Minas, que aconteceu em Belo Horizonte. Os prêmios garantiram ao grupo o passaporte para a etapa internacional, em Indaiatuba (SP), que será realizada entre os dias 8 e 17 de julho. O Expressar vem mantendo a tradição de se destacar em toda edição do Passo de Arte. Este ano, foram duas importantes premiações.

No Estilo Livre Avançado, a coreografia “Sobre Nós” conquistou o primeiro lugar, também com a indicação de Melhores Coreógrafos para Alan Keller e Jane Paulino. Já no Contemporâneo Adulto, a coreografia Synthesis levou o terceiro lugar, não havendo, contudo, premiações em primeiro e segundo lugares. “Isso acontece por que o nível do concurso é muito alto. Então, nesse caso, não houve pontuação para que algum grupo ocupasse o primeiro ou segundo lugares”, explica Jane, coreógrafa e diretora do Expressar.

Jane lembra que, a cada ano que passa, há melhora na qualidade das coreografias e dos profissionais, o que exige cada vez mais dos grupos que competem. “Todo ano, participamos do Passo de Arte e nos surpreendemos a cada edição com as premiações e com o nível do concurso. Continuamos a levar o nome de Sete Lagoas como uma cidade que possui artistas fantásticos. Agora, contamos com a torcida de todos para que possamos trazer mais um prêmio internacional em julho”, comemora.

PASSO DE ARTE

Criado em 1993, no ABC Paulista, o Passo de Arte se firmou como a maior e mais importante Competição de Dança Acadêmica do Estado de São Paulo. Seu crescimento, contínuo e vertiginoso, obrigou a mudança progressiva do seu local de realização, adaptando-se para espaços maiores e mais adequados ao tamanho do evento e do público, além da necessidade de criar competições regionais para a classificação dos grupos em sua edição Internacional, que é realizada anualmente na cidade de Indaiatuba (SP).